Cacau é bom para esportistas

Cacau é bom para esportistas

Rico em antioxidantes, fonte de energia e matéria-prima de uma das iguarias mais apreciadas do mundo, o cacau é bom para quem pratica esportes.

A notícia é boa para quem gosta de chocolate (ainda mais porque a Páscoa está logo aí), mas não para aqueles que preferem os cheios de açúcar, derivados do leite e de gorduras. Fonte de energia e cheio de antioxidantes, o cacau é bom para a saúde na sua forma pura, in natura e tem muitas propriedades benéficas para quem pratica esportes.

O cacau – semente que é base para todo e qualquer chocolate escuro – tem propriedades poderosas para o nosso organismo. É rico em fitoquímicos e flavonóides que neutralizam os efeitos dos radicais livres no organismo, protege a pele do sol e também têm ação anti-inflamatória.

Também libera endorfina (hormônio do prazer), o que proporciona sensação de bem-estar, melhora o humor e reduz a ansiedade. Por fim, além de dar energia para o treino, o cacau é bom para a recuperação pós-treino também.

Pesquisas científicas
Pesquisa recente publicada no  British Journal of Nutrition  afirma que o consumo diário de 450mg de flavonóides do cacau melhorou as funções cardíacas em pacientes com risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Outra pesquisa, da  Columbia University Medical Center,  analisou os efeitos de altas e baixas doses de flavonóides do cacau (900mg e 10 mg) em adultos com idades entre 50 e 69 anos, preparando uma bebida do cacau in natura para avaliar a diferença dos efeitos em cada um. Depois de três meses, aqueles que receberam as doses mais altas tiveram melhor desempenho em testes de memória e aprendizagem.

Cacau é bom. Chocolate nem tanto. Os mais indicados para consumir são a versão em pó ou em amêndoas (nibs) – que têm 100% de pureza; ou aqueles ovos de chocolate ou em barra com quantidades de cacau acima de 60%.

Qual chocolate não é bom? Chocolates processados pobres em cacau, ao leite ou branco.

A nutricionista esportiva,  Alessandra Luglio  orienta que, além de optar por chocolates mais puros, com bastante quantidade de cacau, a melhor forma de consumi-los é combinando com outros alimentos saudáveis, como o coco, o abacate, as oleagionosas ou as frutas vermelhas, por exemplo. “Esses alimentos são riquíssimos em nutrientes essenciais para a nossa saúde e aumentam a densidade nutritiva do chocolate. Uma porção de 30g por dia é o suficiente para matar a vontade de doce e aproveitar a Páscoa sem peso na consciência”, avisa.

Que tal uma receita saborosa e diferente com cacau para turbinar o seu pré-treino?

(Fonte: Alessandra Luglio, nutricionista da Clínica P4B Health)

Por camilabrogliato
Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *